CVG

Geração de matéria-prima renovável.

Pensando no Futuro

A infraestrutura conta com 7.500 hectares de áreas de reflorestamento, áreas de preservação e represa em Rio Negrinho, sendo 3.600 hectares de árvores de espécies renováveis, principalmente do gênero Pinus, gerando mais de 15.000 metros estéreos mensais de madeira renovável.

Nossa

Preservar o meio ambiente é preservar a vida.

Meio Ambiente

Para a Cahdam Volta Grande meio ambiente é um assunto sério. Prova disso está em como ela obtém a sua matéria-prima. Vinda por meio da coleta seletiva, esses materiais passam por um complexo tratamento onde são novamente transformadas em papel de excelente qualidade, depois passam por modernos processos para serem convertidas em papeis higiênicos, toalhas de papel e guardanapos.

Visando o melhor aproveitamento e menor desperdício, a Cahdam Volta Grande faz controles rigorosos em toda etapa produtiva, dessa forma, diminui as perdas no processo beneficiando diretamente o meio ambiente. 

Pioneira no reflorestamento de Araucárias na região de Rio Negrinho, realizando plantio dessa espécie em 1949, a Cahdam Volta Grande deu a sua colaboração para que essa espécie não deixassem de existir e hoje destina 45 hectares de sua propriedade para área de preservação permanente onde além das Araucárias podemos encontrar Imbuia, Sassafrás, Canela Lageana, Erva Mate, Caúna, Jacarandá, Caviúna, Monjoleiro, Sete-capotes, Guabiroba, Pitanga, Pinho-bravo e Xaxim além de toda a fauna do local.

É por isso que a Cahdam Volta Grande vem se destacando e a cada ano crescendo e se desenvolvendo com uma velocidade admirável, mas sempre respeitando e conservando o
Apoiamos o

Projeto Pescar

O Projeto Pescar surgiu em 1976, por uma iniciativa do empresário Geraldo Linck (1927/1998) e inicialmente foi intitulado de Escola Técnica Linck. O empresário resolveu criar esse projeto após presenciar a cena de um jovem assaltando um idoso e chocado, mas ao mesmo tempo inquieto com aquela situação, decidiu que deveria tomar uma providencia e num ato de coragem, pois enquanto muitas pessoas se trancam em suas casas para se sentirem seguras, ele abriu as portas da sua empresa para que 15 jovens em vulnerabilidade social aprendessem uma profissão. Os resultados alcançados com as primeiras turmas foram tão bons, que chamaram a atenção de organizações socialmente responsáveis.

Em 1995 o projeto ganhou grandes proporções, pois contou com a adesão de diversas empresas e instituições e passou a ser administrado pela Fundação Projeto Pescar, evoluindo para uma rede que é responsável pela formação profissional de mais de 27.600 jovens(até 2015) em 126 unidades espalhadas por todo País e também no exterior.

UNIDADE PROJETO PESCAR CVG

Na CVG o Projeto Pescar iniciou em 2011, tendo como facilitadora a sra. Josiane Kohls, dirigente sr. Carlos Alberto Bonaccorso De Domenico, articulador sr. Celso Luiz Bona e educadora social sra. Jeigisbela Sacht Tomelin.

Até o ano de 2017, a Unidade Projeto Pescar CVG formou 13 jovens em Mecânica Industrial(2011), 16 em Eletricidade(2012) e 71 em Processos Industriais(2013/2014/2015/2016/2017), somando um total de 100 jovens atendidos.

Em 2015, a srta. Juliane Rodrigues Grossl passou a integrar a equipe como educadora social, e no ano de 2016 o sr. Joelcio Costa Moreira tornou-se o articulador da UPP CVG.

Em 2018, a Unidade Projeto Pescar CVG passou a contar com um novo articulador sr. Edinei Heide além de 39 voluntários, onde 13 jovens saíram formados. O lema desse ano foi “Nada vence um bom trabalho.” frase do patriarca do Projeto Pescar sr. Geraldo Linck.

 

UNIDADE PROJETO PESCAR CONSÓRCIO RIO NEGRINHO

Em 2015, o sr. Carlos Alberto Bonaccorso De Domenico, dirigente da UPP CVG, fechou uma parceria com 12 empresas de várias áreas(moveleira, medicina do trabalho, papéis, alimentícias, plásticos e combustíveis), criando a UPP Consórcio Rio Negrinho.

Esta Unidade é composta pela facilitadora sra. Josiane Kohls, dirigente sr. Renato Munch, articulador sr. Celso Luiz Bona e educador social sr. Lincol Pedro Drosdek.

Até 2017, a UPP Consórcio Rio Negrinho já formou 43 jovens no curso de Introdução à Logística, que trabalham em algumas empresas parceiras do consórcio.

Em 2018, tivemos o sres. Luiz Claudio e Mário Sérgio Zilli Bacic como dirigentes da nova turma em processo de qualificação na mesma área de atuação, que foi composta por 14 jovens de diversos bairros da cidade, com idade entre 15 e 17 anos. O lema desse ano foi “O talento vence jogos, mas só o trabalho em equipe ganha campeonatos.” de Michael Jordan.

O Parque das Araucárias!

A Semente já foi plantada para um novo amanhã!

Sempre preocupada e comprometida com o meio ambiente a Cahdam Volta Grande desempenha um trabalho de sustentabilidade muito ativo em seu parque fabril, e também fora dele. É o caso do Parque das Araucárias, uma área que em 1949 era originalmente de reflorestamento, e com o passar dos anos foi transformada em área de preservação permanente. Com um total de 45 hectares, o parque tem como objetivo principal preservar a biodiversidade e as belezas naturais do local como é o caso das pequenas cascatas espalhadas pelo parque e a sua extensa vegetação, da qual tem um expressivo valor científico, principalmente as araucárias e os xaxins.

Para quem busca contato com a natureza o Parque das Araucárias é uma excelente opção, seja para passear ou se aventurar. Proporciona aos visitantes uma interação com a Floresta Ombrófila Mista, destacando sua importância para o nosso ecossistema e demonstrando como utilizar os recursos naturais de forma sustentável.

O parque conta com uma trilha que tem dois percursos, com diferentes distâncias, sendo uma de 1000 e outra de 1700 metros, cada uma com um grau de dificuldade diferente.

Seguras, bem sinalizadas e com áreas de descanso em toda a sua extensão, as trilhas proporcionam aos visitantes toda a segurança e conforto necessário para uma caminhada, corrida ou até mesmo um delicioso piquenique apreciando a bela paisagem.

Aberto de segunda a sexta das 8h às 17h, as visitas precisam ser pré-agendadas com pelo menos uma semana de antecedência e obrigatoriamente precisam ser acompanhas por um guia especialmente treinado.

É proibido sair da trilha utilizando caminhos secundários, pichar ou danificar árvores, pedras ou estruturas, alimentar, interagir, caçar ou pescar os animais encontrados no decorrer da trilha e consumir bebidas alcoólicas ou fazer uso de qualquer substância considerada entorpecente. Para maior conforto e segurança recomendamos o uso de sapatos fechados, protetor solar e repelente.

Agende a sua visita através dos números (47) 3646 1420 ou 3646 1459.

Responsabilidade Social

Isso já faz parte do nosso DNA.

A CVG trabalha para um mundo melhor como um todo, mas tem uma atenção especial com o Distrito de Volta Grande, que foi formado com a sua chegada a mais de 80 anos.

Diversas ações foram e continuam sendo realizadas para dar infraestrutura e contribuir com o desenvolvimento da comunidade, uma delas é o turismo ecológico, que atrai cada vez mais visitantes que buscam contato com a natureza, proporcionando uma nova forma de desenvolvimento econômico para a região.

Comprometida com seus funcionários, com a comunidade e com os clientes a empresa se fortalece a cada dia, desenvolvendo produtos cada vez mais adequados às necessidades dos consumidores, aperfeiçoando métodos de produção para ganhar em competitividade, atendendo o mercado com eficiência.

Rolar para o topo